ESCOLA.png

NOSSA HISTÓRIA

Seja bem-vindo ao Colégio Padre Júlio Maria

Não foi fácil a trajetória do Colégio “Padre Júlio Maria” que, fiel à sua filosofia e compromissos, teve de lutar, acompanhando a evolução dos tempos e reformas dos regulamentos de ensino.

 

As Irmãs Sacramentinas só têm a agradecer a Deus, a sua Mão, que tudo dirigiu, e às Famílias desta acolhedora cidade, a confiança que sempre nelas depositaram, entregando-lhes o que de mais preciosa possuíam – Seus Filhos!

O Frei Tarcísio, propagandista do Jornal "O Lutador" em visita a Boa Esperança, informou ao Cônego Osório sobre a possibilidade do Fundador da Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora enviar irmãs para dirigir a Escola Normal. Cartas foram, cartas vieram, e firmou-se então o contrato. Em fevereiro de 1938, as Irmãs Sacramentinas assumiram a direção da Escola Normal "Dom Pedro II". Foram recebidas com muito júbilo pelo povo esperancense, tanto na escola quanto na Santa Casa em 1939.

 

À diretora Irmã Maria das Dores coube à tarefa de mudar o nome da escola para homenagear o fundador. Em atendimento à legislação que disciplinou o Curso Normal, exigindo dos candidatos o diploma Ginásio, em 1947 foi fundado o Ginásio “Padre Júlio Maria”, que continuou a cumprir seu papel importantíssimo na vida cultural de Boa Esperança, impondo-se no conceito da população local e das cidades vizinhas, de onde vinham alunas para residirem no internato e estudarem no Colégio.

 

A Rede Sacramentina de Educação é fruto de um projeto missionário iniciado em Manhumirim, Minas Gerais, junto com a fundação da Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora.

 

Padre Júlio Maria, missionário belga, corajoso e dinâmico, após trabalhar na Europa e África, foi enviado para evangelizar na Região Amazônica, Brasil, aonde chegou em 1912. Em 1929, percebendo a enorme carência na área educacional e religiosa da Zona da Mata de Minas Gerais, fundou, em Manhumirim, a Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora. Teve como grande colaboradora a Madre Maria Beatriz Frambach, brasileira, mulher decidida, comunicativa e grande educadora, que recebeu a missão de ser a Cofundadora da Congregação. 

 

A primeira Unidade Educacional da Rede – Colégio Santa Teresinha – iniciou suas atividades em fevereiro de 1930, dois meses após o início da Congregação. Posteriormente, outras Unidades foram criadas em cidades de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. (...)

 

A Congregação das Irmãs Sacramentinas de Nossa Senhora recebeu de seu fundador, Padre Júlio Maria, o compromisso de viver e testemunhar o amor à Eucaristia e a Maria, no serviço ao povo, especialmente à infância e à juventude e, na Unidade, construir a Comunhão. 

 

A Congregação é constituída por um grupo de religiosas que assumem a missão de entregar a vida, a exemplo de Jesus no seu mistério pascal, celebrado na Eucaristia; ser profecia do Reino e servir na gratuidade; e, viver a partilha, sendo presença livre e libertadora, na luta pela justiça, fraternidade e comunhão. 

 

A missão das Irmãs Sacramentinas se expressa na educação, saúde, inserção nos meios populares, catequese, educação da fé, formação de lideranças e no serviço da acolhida. Por isso, atuam nas Escolas da Rede Sacramentina, no Hospital Padre Júlio Maria em Manhumirim, nas Comunidades Eclesiais de Base, nas Periferias, na Formação para a Vida Religiosa e em Casas de Acolhida para Retiro, Oração, Hospedagem e Tratamento de Saúde. 

 

De 2005 a 2018, ampliaram sua atuação missionária para fora do país, em Luanda, Angola, continente africano, retomando os passos de seu fundador – Padre Júlio Maria. 

 

A vocação missionária sacramentina conduz a uma ação libertadora e transformadora, sempre buscando novas formas de estar a serviço dos irmãos, a partir da proposta da Eucaristia e de Maria. 

 

O Fundador – Padre Júlio Maria – falecido em 1944, reconhecido como santo pelas pessoas que com ele conviveram, encontra-se em processo de Beatificação. (DRSE – setembro 2018)

 

O Colégio Padre Júlio Maria está localizado na área central da cidade de Boa Esperança/MG, atendendo a uma grande demanda de alunos, da Educação Infantil até o Ensino Médio, matriculados no turno matutino e vespertino.

 

Há 82 anos, o colégio demonstra credibilidade junto à comunidade escolar, sendo muito procurado pelos pais e/ou responsáveis, como escola de referência na região que proporciona uma educação de qualidade, ambiente agradável de trabalho e estudo, possibilitando assim, aquisição de conhecimentos, troca de experiências, formação humana e bom desempenho em seus projetos interdisciplinares e integradores.

 

Desta forma, para realização da Missão Sacramentina de Educação,o colégio, desenvolve um trabalho pedagógico voltado para a Educação Solidária com Qualidade, Competência e Responsabilidade Social e Ambiental, integrando excelência pedagógica e formação do cidadão, orientando todas as suas atividades para a consolidação de uma comunidade educativa, em que a ação de professores e alunos vá além da sala de aula, envolvendo a comunidade escolar, incentivando ações participativas e transformadoras.

 

O colégio é composto por uma Equipe Gestora, respondendo como Diretora a professora Lívia de Cássia Soares Oliveira, Assessora Educacional Márcia Vilela Barbosa Junqueira e Assessor administrativo Daniel Ribeiro Conde.

Coragem! Não hesitem! É necessário acompanhar o movimento da época, para poder progredir.

                                                                                                                                       Pe. Júlio Maria de Lombaerde